Quanto ganha um DJ para animar festas?

Uma festa sem música não é uma festa. A grande questão é que o som faz total diferença, se as músicas são mais lentas ou mais agitadas o pessoal entra no clima e todo o ambiente é transformado. O profissional responsável por cuidar da escolha da trilha sonora, volume do som, efeitos e etc., é o DJ. Pouco valorizado, mas que pode transformar a qualidade de um evento.

Carreira de um DJ

Não existe uma formação superior para os interessados em se tornar um DJ. Normalmente, essas pessoas aprendem a profissão com atividades práticas, ou com cursos livres oferecidos em escolas de música e/ou escolas técnicas.

O curso para formação de novos DJ’s, envolve aulas teóricas com o estudo sobre a música, tecnologia e projeções. E aulas práticas, indicando como mexer em uma mesa com equipamentos de som. Possibilitando a transformação de uma música, com mixagem e efeitos.

Há possibilidade de aprender a ser um DJ com cursos online, no sistema EAD. Para isso é necessário procurar uma escola especializada na formação. Os cursos variam, mas tem duração média de três blocos, não ultrapassando 1 ano.

O indicado é que o profissional busque por cursos livres para poder se especializar, em músicas eletrônicas, sertanejo, funk, pop, samba e etc.

O que um DJ faz?

Muito além de tocas as músicas escolhidas pelo anfitrião da festa, o DJ precisa cuidar de toda a estrutura do som. Quando é contratado, o cliente espera que o profissional possua os equipamentos necessários para que a música chegue com a mesma qualidade para todos os convidados.

Sem contar na estrutura da pista de dança, que muitos DJs também oferecem. Como luzes, tapete e alegorias a escolha do cliente.

Os DJs famosos, contratados para festas e bailes de maior proporção, normalmente são especializados. Isto quer dizer, possuem uma trilha sonora específica para determinado gênero musical, como a eletrônica e funk.

Qual cachê de um DJ?

O valor pago a esse profissional é bem diversificado. Isso porque a estrutura que o mesmo possuí, o nome no mercado e o serviço que oferece, são fatores que influenciam no valor cobrado por seu serviço.

Um DJ de casamento, por exemplo, cobra valores acima de R$1.000 podendo chegar a R$15.000. Enquanto isso, um DJ mais conhecido no mercado pode chegar a pedir um cachê superior a R$20.000.

Por outro lado, aqueles que estão iniciando no mercado e por enquanto possuem pouco equipamento, costumam cobrar valor abaixo de mil reais. Quer dizer, o preço varia conforme o serviço prestado.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Navigation